Brasileiro

Marcelo Cabo critica a tomada de decisão dos jogadores na partida contra a Ponte Preta e aponta oscilação ao longo da embate.

O Vasco fez um primeiro tempo ruim contra a Ponte Preta, mas conseguiu sair na frente logo no início da segunda etapa. Apesar da leve melhora, o time não conseguiu segurar a vantagem e logo cedeu o empate ao adversário. O técnico Marcelo Cabo analisou a performance do Cruzmaltino no jogo.

Começamos muito bem dentro do que treinamos. Marcação alta, sem deixar a Ponte Preta avançara muito, mas não conseguimos transformar a superioridade em gols. A partir dos 20, a Ponte avançou a pressão, não conseguimos sair dessa marcação e tivemos muita dificuldade. Fizemos trocas no intervalo, repaginamos a equipe, subimos de produção, fizemos 1 a 0, mas precisávamos sustentar mais o placar. A Ponte empatou logo, seguimos bem, mas a tomada de decisão não foi a melhor. No jogo passado, entramos 38 vezes no terço final, hoje foram 40 vezes, mas a tomada de decisão está ruim. – Afirmou Cabo.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O técnico completou sua fala dizendo que o Vasco precisa se impor sobre o seus adversários e ter maturidade pra trabalhar.

Precisamos ser mais Vasco da Gama, nos impor. Levamos um ponto para casa e temos que ter maturidade para trabalhar a equipe e agora virar a chave para Copa do Brasil. – Completou

O próximo jogo do Vasco pela série B é no sábado (12), às 19:00 (horário de Brasília), no Bento de Freitas, contra o Brasil de Pelotas.